/

construcao-automatica-01

Impressora 3D: Grande aliada da construção civil

construcao-automatica-01

Nos últimos anos a impressão 3D explodiu como uma tendência nos EUA e na Europa, sendo sido utilizada por vários ramos da indústria para construir tudo o que se possa imaginar, desde próteses humanas até chocolates . A tecnologia é utilizada em diversos ramos de produção, para a construção de materiais, como em joalheria, calçado, design de produto, arquitetura, automotivo, aeroespacial e indústrias de desenvolvimento médico.

Com o aumento do uso dessa impressora, a construção civil também não ficou parada. Hoje já existem métodos de construção de casas, e até edifícios, inteiramente baseados em peças confeccionadas com impressoras 3D.

A impressão 3D, também conhecida como prototipagem rápida, tem três principais vantagens ambientais: em primeiro lugar, há pouco desperdício, já que só utilizado o material necessário. Outro ponto é que a mesma máquina pode construir muitas coisas diferentes. Por fim, as impressoras criam produtos a partir de arquivos digitais de design que são fáceis de transmitir por via eletrônica. Ou seja, peças e produtos podem ser impressos exatamente no local de venda, reduzindo a necessidade de transporte.

Um exemplo para a construção civil é o Contour Crafting: um processo de construção que utiliza um dispositivo semelhante à uma impressora 3D, e que permite construir paredes, lajes, pilares e outros elementos para a construção de edifícios. Criada pelo professor Behrokh Khoshnevis, da Universidade da Califórnia do Sul, a tecnologia baseia-se na fabricação por camadas, na qual um mecanismo extrusor de injeção, movido por um sistema de posicionamento robótico controlado por computador, aplica argamassa em sucessão, de acordo com a geometria do projeto a executar.

O ritmo de aplicação dos materiais leva em conta o tempo de secagem, a trabalhidade do material, entre outros. Além disso, graças aos múltiplos reservatórios e condutas de injeção, o sistema permite a alternância entre materiais, sem a necessidade de parar o processo para troca ou lavagem do injetor.

Também é vantagem pela capacidade do sistema de adicionar elementos como armaduras de aço, pavimentos e azulejos, bem como a instalação das condutas de redes de água, energia e comunicações e a capacidade de realizar a pintura automática final da estrutura.

Com isso, vê-se que o Contour Crafting é uma tecnologia bem completa, assim como outras que já existem por aí, a partir da impressora 3D para a construção civil. Isso mostra que, no futuro, a área da construção pode tender cada vez mais a essa “nova” tecnologia.

eqmix-blog-construçãocivil-lucros-vendas

Crise: Como não ser afetada por ela e continuar vendendo na construção civil.

 

eqmix-blog-construçãocivil-lucros-vendas

 

Muito se fala hoje sobre a crise e recessão que assola o nosso país e, claro, é uma questão a ser debatida, pois afeta todos os setores do mercado de trabalho, inclusive o da construção civil.

Desde o começo do ano, várias notícias mostram que os índices de produção e faturamento na construção civil vêm diminuindo, reflexo do momento em que vivemos hoje no Brasil. Muitas pessoas acabam se desmotivando por conta da baixa nas vendas e muitas vezes não encontram soluções.

Porém, mesmo com este cenário, é possível manter suas vendas com algumas dicas que pedem de você mais atitude, criatividade, fidelização e, principalmente, acreditar no seu potencial:

 

  • Atitude:

Ter positividade e atitudes pró-ativas é um dos caminhos para bons resultados. Sempre busque soluções e seja otimista. Exemplos mostram que pessoas de sucesso são aquelas que, independente dos obstáculos e desafios, conseguiram sempre manter uma atitude positiva para vencer.

  • Seja criativo:

Em todos os setores do mercado, a criatividade é um item fundamental, e faz a diferença. Sempre pense além dos seus concorrentes, e ouça sua equipe de vendas em reuniões, para encontrar soluções. São várias as histórias de pessoas que, com a criatividade, encontraram um caminho para driblar na crise.

  • Fidelize o seu cliente:

Faça de tudo para fidelizar seus clientes. É muito mais fácil você vender mais vezes para estes clientes, os quais você já tem um vínculo de confiança, do que tentar buscar vender para novos compradores. Lembre-se de que a concorrência agora vai ser ainda mais acirrada, e o cliente não vai pensar duas vezes em mudar de fornecedor se encontrar muitos benefícios a mais.

  • Acredite no seu Potencial:

Antes de tudo, acredite em você, no seu potencial, e no seu produto. Só a partir disto é que realmente as coisas vão melhorar e a crise não vai abalar suas vendas.

 

Os clientes estão lá fora. Mostre sua atitude e vá atrás de vender mais. Sempre tem aqueles que estão dispostos e interessados no seu produto.

blog-eqmix-sustentabilidade-construçao

Construção Civil e Sustentabilidade: A aliança que traz benefícios e lucros para o meio ambiente e para as construções.

blog-eqmix-sustentabilidade-construçao

 

A palavra sustentabilidade nunca foi tão abordada quanto neste século. E esta discussão envolve várias áreas de conhecimento, inclusive a da construção civil.

Conhecida pela grande utilização de materiais para a construção de edifícios, e também pelo acúmulo de lixo gerado, viu-se a necessidade da criação e utilização de novos materiais que gerem o menor impacto possível ao meio ambiente.

Algumas ações, como o uso de tintas sem solventes, materiais menos agressivos de forma geral, redução de desperdícios com água e energia, como por exemplo, um uso mais consciente do ar condicionado; a inibição do uso desnecessário e simultâneo dos elevadores e a utilização de energia solar, pode fazer uma grande diferença e vem sendo pouco a pouco implementadas.

Ficou para trás o conceito de que para que um empreendimento seja rentável e lucrativo, deve-se pensar apenas nos quesitos: localização, conforto e espaço.  Agora, utilizar materiais ecologicamente sustentáveis, além de trazer mais benefícios para o meio ambiente, também traz lucros. Pesquisas indicaram que o aumento de cerca de 5% nos gastos no processo de construção, caso sejam feitos investimentos em sustentabilidade, gera uma economia a médio e longo prazo, que gira em torno de 30% nos gastos.

Hoje podemos afirmar que a indústria tem, sim, tecnologia suficiente para oferecer produtos no mercado com pouca agressão ao meio ambiente, com garantia e durabilidade, colaborando de forma eficaz com o meio ambiente.

 

 

Contato




Localização